Na última reunião ordinária, realizada no dia 27, a vereadora Lisandra Andréa Flesch, informou que estão analisando o projeto de lei nº 33/E/2020, de autoria do Poder Executivo, que busca autorização Legislativa para prorrogar o prazo dos contratos temporários de professor com vencimento após 03 de julho até o final do ano letivo de 2020 e os demais contratos com vencimento após o dia 03 de julho, até o dia 31/12/2020. Acredita que este projeto de lei deve ser votado na próxima reunião ordinária. Mencionou que foi uma decisão muito sábia do Prefeito solicitar essa autorização ao Legislativo e que muitos professores já haviam lhe procurado para falar sobre a prorrogação dos contratos, pois eles não têm culpa do que estava acontecendo.

Da mesma forma, citou que “estamos vivendo um período bastante complicado devido a pandemia do COVID-19 e, a cada dia, acredito que precisamos ter mais cuidado e respeitar o isolamento social, pois em breve estaremos no inverno”.

Lamentou que muitas pessoas estão acreditando que a pandemia não passa de um caso político, e ressaltou que há casos de pessoas próximas em outros municípios, que estão contaminadas e numa situação bem difícil. Por esse motivo, afirmou que as pessoas precisam levar a sério o assunto.

Por fim, também mencionou que os professores estaduais estão passando por um dilema, pois o governador Eduardo Leite determinou a realização de uma enquete com os professores para ver se eles querem voltar a dar aulas. No entanto, ressaltou que essa é uma responsabilidade do governo e ele está tentando transferi-la para os professores. Salientou que o governo é que deve determinar a volta das aulas e os professores devem cumprir o que for determinado. Afirmou que os profissionais estão trabalhando em casa, mas preferia estar na escola com os alunos, o que é complicado, considerando que o risco de contágio numa sala de aula é muito grande e que o isolamento social está protegendo a comunidade da contaminação.