O Secretário Municipal de Saúde e Assistência Social, José Valtair dos Santos, fez uso da Tribuna Popular, na reunião ordinária realizada no último dia 30, para prestar contas dos serviços prestados pela pasta no último quadrimestre.

Santos informou que neste período foram atendidos 1.547 pacientes, sendo que mais de 500 pacientes foram atendidos em Porto Alegre, Lajeado e Canoas, para os quais o Município arca com toda a despesa de transporte, que engloba motorista, veículo, combustível, entre outros.

Em seguida, comentou que as consultas e exames adquiridos através do Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo – CISVALE são para urgências e de janeiro a julho deste ano, foram realizados um total de 839 atendimentos, entre consultas e exames.

Ele também ressaltou que muitas pessoas não querem esperar para serem atendidos em uma consulta pelo SUS e procuram fazer uma consulta particular e depois buscam o SUS para realizar os exames. Afirmou que isso não é permitido pelo sistema, porque o cidadão precisa estar ingressado na rede do SUS para fazer os exames pelo sistema.  Afirmou que mesmo o cidadão realizando consulta particular terá que passar novamente por consulta no SUS para poder realizar os exames pelo SUS.

Logo após, comentou que o Governo do Estado estava beneficiando os pacientes acamados que usavam fraldas através do encaminhamento de recursos, porém, nos últimos quatro meses, parou de mandá-los. Citou que um mês o Governo do Estado encaminhou R$ 150,00 para aquisição de fraldas, o que não chega para um paciente durante um mês. Informou que conversou com o prefeito e foi realizada uma licitação para aquisição de fraldas, no valor de R$ 6 mil, o que atenderá a demanda até o final do ano.

Informou que, na semana anterior, participou de uma reunião em que um representante do estadual tentou negociar a dívida de R$ 1.229.192,32, que o Estado tem com Vale do Sol, oferecendo em troca prédios públicos do Estado. Entretanto, afirmou que é preciso avaliar se realmente isso beneficiará Vale do Sol.

Ele informou que o Município foi contemplado no Programa Mais Médicos, podendo o profissional iniciar as atividades a partir de janeiro, e que já foi contratado um médico para atender a comunidade de Faxinal de Dentro.

Para finalizar, o presidente Vanderlei Airton Martin parabenizou o Secretário pela iniciativa e mencionou que a Saúde envolve muita responsabilidade, considerando os recursos disponíveis.